quarta-feira, 28 de abril de 2010

1º Torneio de Truco dos Servidores Públicos Municiapis de Bastos

.

O 1º Torneio de Truco dos Servidores Públicos Municipais de Bastos ocorrerá neste final de semana dia 02/05/2010 e só poderá ter a participação de funcionários públicos municipais, as inscrições dos associados do Sindicato serão gratuitas, já os não associados pagarão R$ 5 , 00 reais.

.

É o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bastos fazendo muito mais por Você !

.
Márcio Alexandre Marques Cardoso
Presidente

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Reunião da Diretoria do Sindicato com a Prefeita Virginia Fernandes

Click na Imagem para amplia-la
No ultimo dia 13 de Abril, terça-feira, a diretoria do Sindicato esteve reunida com a prefeita Virginia Fernandes onde a prefeita se comprometeu em estar ajudando o Sindicato fornecendo mão de obra quando o mesmo precisar passar por reforma ou por alguma construção, a prefeita disse ainda que no ínicio do mês de Maio próximo estará anunciando um reajuste para o salário dos servidores não revelando porém de quanto será esse reajuste. Estaremos aguardando ansiosamente pois este é o maior anseio desta classe tão defasadas em seus vencimentos.
Márcio Alexandre Marques Cardoso
Presidente
do
Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bastos
Trabalhando por você!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Desemprego ficou em 7,4% em fevereiro, revela IBGE



Em todo o mundo, 614,2 milhões de pessoas trabalham mais de 48 horas semanais, jornada acima das 40 horas por semana adotadas em grande parte dos países. De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o contingente representa 22% da força de trabalho mundial.O gênero e a idade aparecem entre as questões relevantes para determinar a duração do trabalho. Segundo a OIT, os homens tendem a executar jornadas mais longas, porque as mulheres precisam se dedicar ainda à família e à casa. Em relação à faixa etária, os jovens e as pessoas em idade de se aposentar trabalham menos horas.Entre os países onde os trabalhadores cumprem a maior carga horária estão o Peru (50.9%), a República da Coreia (49.5%), a Tailândia (46.7%) e o Paquistão (44.4%). O Brasil está em 13º lugar, com 19.1%.A OIT afirma inda que tentativas de redução da jornada em alguns países têm enfrentado obstáculos porque os empregadores usam as horas extras como forma de aumentar a produtividade dos empregados, que, por sua vez, necessitam trabalhar mais horas para poder garantir melhores salários.Para a entidade, os acordos sobre jornada de trabalho devem favorecer a saúde e a segurança no trabalho, a compatibilidade com a vida familiar, além de promover a igualdade de gênero.
.
Repórter Roberta Lopes
.
Fonte: Agência Brasil

domingo, 11 de abril de 2010

Direito a Abonada não pode ser questionado


Click na imagem para amplia-la

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Novo Horário de atendimento do Advogado


Click na imagem para amplia-la